Chefs renomados sugerem harmonização com vinhos selecionados

vinhos degustacao

Chefs renomados sugerem harmonização com vinhos selecionados
por Patrícia Lazzaretti

Esta semana eu tive o privilégio de participar, à convite do Cooking in Portugal ( cookinginportugal.com ), da Adegga WineMarket 2018, promovida no belíssimo Porto Palácio Hotel, no Porto/Portugal. O evento, destinado a consumidores nacionais e estrangeiros, reuniu cerca de 50 produtores nacionais de vinhos. Além disto, levou Chefs, que proporcionaram provas exclusivas, em uma descoberta das melhores harmonizações entre comida e vinho. Eu me deliciei por lá, e registrei detalhadamente minha experiência em três mesas. A lista de todos os vinhos que provei pode ser conferida AQUI.

Minha experiência na Sala Premium, que reuniu 35 vinhos raros e especiais, avaliados em cerca de quatro mil euros no total, eu conto outro dia. Aguardem!

Chef Nuno Castro - Chef Bruno Gomes - Chef Hugo Rocha
Chef Nuno Castro – Chef Bruno Gomes – Chef Hugo Rocha

Chef Nuno Castro – Quinta Maria Izabel

Frescor, leveza e um toque de acidez definem o Cevit de batata doce, com abacate, maçã, peixe marinado com cebola roxa, malaguenta, coentro, algas, gengibre e leite de tigre. A harmonização foi com um vinho branco de aromas cítricos Maria Izabel – 2016/Douro

Na sequência, uma proposta de sabor intenso: rabo de boi estufado no vinho tinto. A presença dos temperos (coentro e cebola roxa, servido em brioche) é marcante, a harmonização é com um vinho tinto também intenso, o Maria Izabel – 2014/Douro.

Chef Bruno Gomes – Quinta do Gradil

Folhado de queijo chevre com pêra verde do oeste, servido em cama de rúcula e arrobe. O sabor do queijo se destaca, envolve totalmente as papilas degustativas. Harmonizado com vinho branco Quinta do Gradil – 2015/Lisboa. Considerada uma das mais antigas, senão a mais antiga, herdade do Concelho do Cadaval, adquirida pela família do Marquês de Pombal em 1760.

Na sequência, chitake com ovos escalfados ao vinho tinto com ortigas. Uma verdadeira surpresa ao paladar, a gema é mole e se mistura ao molho na hora de servir, a ortiga dá um final amargo numa perfeita sintonia com os outros ingredientes. Harmonizado com um robusto e equilibrado vinho tinto syrah Quinta do Gradil – 2015/Lisboa.

Chef Hugo Rocha – Symington Family Estates
Sopa de tomate fria com ovos, aspargo com presunto, mostarda e pimenta biquinho. Leve e deliciosa, a sopa ganha todo um toque especial com o presunto, que, além de vir envolvendo o aspargo também vem picadinho dentro da sopa, o azedinho do aspargo faz as combinações brilharem. Harmonização com vinho branco Altano, da premiada família Symington –2015/Douro.

Croquete de alheira com maçã caramelizada, ao lado, torta de maçã com gelado de nata. Como ser ruim? A alheira é maravilhosa, as maçãs caramelizadas destacam ainda mais o sabor, a tortinha, também de maçã, ao lado é ricamente saborosa e o gelado de nata fecha a combinação preparando o paladar para a harmonização com um vinho tinto equilibrado e de bom corpo Pombal do Vesuvio – 2016/Douro, também de Symington.

Espero que tenha curtido minha experiência. Adoraria saber da sua.
Divida comigo sua experiência gastronômica e/ou vínica!
O que mais gostou? O que detestou?
Lugares que vc indica e os que não recomenda.
Mande direct pelo insta @lazzarettipati
Msg pelo facebook/patilazzaretti
Ou email pati.lazzaretti.nh@gmail.com

coluna Patricia Lazzaretti Paty Lazzaretti

COLUNA PATRÍCIA LAZZARETTI

Jornalista correspondente internacional/Europa

::>> LEIA TODAS AS COLUNAS de Patrícia Lazzaretti

Booking.com