Porto Alegre – Curso de Capacitação em Mediação Comunitária na Restinga

Prédio Mãe Aparecida -  Foto : Maria Tereza Tellez
Prédio Mãe Aparecida – Foto : Maria Tereza Tellez

O Centro Social Pe. Pedro Leonardi e o Ministério Público do Rio Grande do Sul vão realizar, entre os dias 11 e 13 de maio, um Curso de Capacitação em Mediação Comunitária. O encontro tem por objetivo formar e capacitar mediadores comunitários, promovendo aos participantes conhecimentos técnicos relacionados à mediação de conflitos no âmbito comunitário. Com sede no Centro Social (Estrada Chácara do Banco nº71, bairro Restinga, em Porto Alegre), o evento é aberto ao público, porém, mediante inscrições pelo e-mail pe.pedroleonardi@yahoo.com.br encaminhando nome, cargo, instituição a que pertence, fone e e-mail. Somente poderão frequentar o curso os interessados em servirem como mediadores comunitários.

Ministrado pelo Promotor de Justiça do Ceará Francisco Edson de Souza Landim, o curso ocorrerá nas manhãs e tardes. Conforme o Promotor de Justiça Eduardo Viegas, organizador do curso, trata-se de um projeto exitoso no Ceará que está sendo aproveitado no Rio Grande do Sul. “A mediação comunitária é diferente da mediação tradicional, já que a proposta é que seja realizada pela e para a comunidade, com a supervisão da Promotoria da Restinga”, conta ele, antecipando que a experiência poderá originar projeto-piloto na resolução de conflitos.

“Estaremos reunindo profissionais e cidadão interessados em mudar o cenário atual, de descaso e abandono, na nossa educação e, porque não dizer, na nossa sociedade”, afirma Claudionir Ceron, diretor do Centro Social Pe. Pedro Leonardi. O objetivo primordial é que os mediadores venham a atuar no Centro Social Padre Pedro Leonardi, na Restinga, com apoio do Ministério Público.

A implantação do Núcleo de Mediação Comunitária surge como um legado do Movimento Sepé Tiaraju, que desenvolveu na Restinga, em 2015, oficinas e palestras objetivando capacitar os integrantes do Centro Social Padre Pedro Leonardi a enfrentarem a violência e a exclusão social por meio da educação e da construção de uma cultura da paz.

FRANCISCO LANDIM
O Promotor Francisco Edson de Sousa Landim é ex-Coordenador do Programa dos Núcleos de Mediação Comunitária do MPCE; Instrutor dos Cursos de Capacitação e de Extensão em Mediação Comunitária; membro da Comissão Organizadora do Grupo de Estudos em Mediação e Técnicas Alternativas de Solução de Conflitos (GEM-TASC). Foi um dos Idealizadores dos Núcleos de Mediação Comunitária da Parangaba, do João XXIII e da Jurema. Autor de artigos científicos sobre a experiência da mediação comunitária no Ceará, atua hoje na 14ª Promotoria de Família de Fortaleza.

CENTRO SOCIAL PE. PEDRO LEONARDI
O Centro Social Pe. Pedro Leonardi, na Restinga Velha, em Porto Alegre, foi criado no dia 21 de abril de 2005 pelo pároco da Igreja Nossa Senhora Aparecida da Restinga, Pe. Claudionir Ceron. É uma instituição sem fins lucrativos, vocacionada para a inclusão social de crianças, adolescentes e adultos de baixa renda, em situação de risco e vulnerabilidade. Há programas educacionais, culturais, esportivos e sociais colocados em prática, de segunda a sexta, em diferentes espaços da instituição. No local, há restaurante solidário, biblioteca comunitária, salas de aula, auditório, galpão para eventos, quadra de esportes, refeitório e marcenaria. O Centro Social Pe. Pedro Leonardi faz parte da Igreja Nossa Senhora Aparecida, fundada em 12 de outubro de 2001 pelo Arcebispo Metropolitano Dom Dadeus Grings.