Caxias do Sul : Operação Centro Legal combate a disseminação de ambulantes

Operação Centro Legal em Caxias do Sul - Foto Petter Campagna Kunrath
Operação Centro Legal em Caxias do Sul – Foto Petter Campagna Kunrath

Entidade que motivou o diálogo com a Prefeitura de Caxias do Sul e com as secretarias de Segurança Pública e Proteção Social (SSPPS) e do Urbanismo (SMU), o Sindilojas Caxias tem como umas das principais bandeiras de luta a valorização do comércio legalizado ao combater a disseminação de ambulantes, especialmente, no centro da cidade. Focados nesse propósito,

Na manhã de sexta-feira (20.01.17), o presidente do Sindilojas, Sadi Donazzolo, o secretário de Segurança e Proteção Social, José Francisco Mallmann, e o vice-prefeito Ricardo Fabris Abreu acompanharam a Guarda Municipal, juntamente com os fiscais, em uma fiscalização pelas principais ruas do centro de Caxias do Sul / RS. Na ação, foram recolhidos produtos ilegais, que estavam sendo vendidos por ambulantes à comunidade caxiense.

Reivindicação antiga do Sindilojas, a Operação Centro Legal é uma iniciativa das secretarias de Segurança Pública e Proteção Social (SSPPS) e do Urbanismo (SMU). A operação, de caráter permanente, está sendo realizada das 8 às 18 horas, de segunda-feira a sábado, pela Guarda Municipal e pelos fiscais do Urbanismo no centro da cidade. Aos domingos, as ações vão ser realizadas sempre que for necessário.

Para o Sindilojas, a agilidade nesta operação do poder público demonstra o comprometimento do prefeito Daniel Guerra e dos secretários municipais em contribuir para que os comerciantes e consumidores tenham mais segurança no centro da cidade e também para que a concorrência leal volte a ser uma realidade em Caxias do Sul.

“Enfrentar um mercado que exige de nós, comerciantes, iniciativas para oferecer aos clientes os melhores produtos com preços competitivos, manter nossas obrigações tributárias em dia e arcar com os direitos dos comerciários, bem como os custos manter um ponto comercial é o nosso papel. Contamos com os nossos governantes para que nos propiciem essa segurança com essa fiscalização contínua”, explicou o presidente do Sindilojas, Sadi Donazzolo. “Ao combater a venda de produtos sem procedência no centro da cidade, o poder público está contribuindo para fortalecer o comércio e o desenvolvimento da economia do município com geração de empregos”, destacou.

.