Hair stylist dá dicas para deixar as madeixas mais bonitas durante o inverno

Rondy Goncalves Hair Stylist cabelos da Moda Inverno 2018

Uma das épocas mais elegantes do ano – o inverno – pode ser também uma das mais desastrosas para a pele e cabelos. Baixa umidade, água quente, secador e chapinha são os grandes vilões que assombram as mulheres no inverno, causando ressecamento, frizz, oleosidade e até queda intensa.

Além dos efeitos nocivos da estação nos cabelos, é natural que a temperatura do chuveiro suba para um delicioso banho quente. Embora esta seja uma atitude que traz bem-estar, a água quente resseca muito os fios, além de estimular o óleo natural do couro cabeludo. “Cabelos ressecados perdem o cimento intercelular (responsável pela coesão da fibra capilar) e acabam ganhando um aspecto áspero, deixando a tonalidade opaca e perdendo a elasticidade”, afirma o hair stylist mineiro, Rondy Gonçalves.

Além dos fios visualmente danificados, o profissional conta que cabelos ressecados podem ter alterações na cor quando pintados. “Fios porosos, por terem as cutículas abertas, tendem a absorver mais as colorações, podendo modificar o resultado final”, explica. O profissional conta que, além da cor modificada, a coloração tende a durar bem menos, desbotando com muita facilidade. Para a recuperação destes fios, é importante investir em tratamentos avançados que devolvam a saúde da fibra do cabelo.

De acordo com Rondy, a dica é tratar bem as madeixas antes mesmo de colorir. Na hora de higienizar e cuidar dos cabelos devem ser utilizados produtos que tenham maior quantidade de lipídios. “Produtos com tecnologia de ponta possuem maior quantidade de óleos e baixo teor de silicone, garantindo hidratação sem aumento da oleosidade. Cabelos que passam por processos de coloração devem ser normalmente hidratados. No inverno então, esse cuidado deve ser redobrado” esclarece.

Rondy Goncalves Hair Stylist cabelos da Moda Inverno 2018

Na hora de tomar banho a água deve ser morna e, ao final, pode-se dar um jato de água fria nos fios para fechar as cutículas, conferindo vigor aos cabelos. “A água muito quente pode até descamar o couro cabeludo, originando a caspa, além de inflar as escamas e deixar o cabelo mais cheio”, afirma. O protetor térmico deve ser sempre utilizado antes do secador, pois, além de polir e proteger do calor, dá um grau de fixação maior aos fios, garantindo cabelos bonitos por mais tempo.

Durante o inverno, principalmente, a hidratação é uma premissa para quem deseja ter os fios bem tratados. O ideal é que ela seja feita a cada 15 dias ou semanalmente para cabelos com química ou outros agentes agressores. O profissional ressalta que o uso do finalizador deve ser constante, pois o mesmo possui efeito cumulativo, tratando e oferecendo mais benefícios às madeixas. “Os finalizadores em óleo garantem uma boa “maquiagem” aos fios, além de promover o efeito interno. Os reparadores de ponta, normalmente feitos de silicone, possuem moléculas grandes, que além de deixar o cabelo pesado e oleoso, não tratam” conclui.

Fotos : Ton Nettos

-- --