Nosso povo, nossas histórias, nossa música e, é claro, nossa gastronomia por Patrícia Lazzaretti

Brasileiros em Portugal

Nosso povo, nossas histórias, nossa música e, é claro, nossa gastronomia
por Patrícia Lazzaretti

Aquele encontrinho good vibes com meu povo! Simmm! Os brasileiros se juntaram nos dias 07, 08 e 09 deste mês para comemorar o dia da Independência Brasileira aqui na Europa. Houveram vários pontos de encontro, com programações que incluíam palestras, auxílio à imigrantes, shows musicais e, é claro, muita comidinha típica da nossa Terra.
Um destes eventos, foi em frente a Estação São Bento, no centro histórico da cidade do Porto. Uma praça linda, rodeada de prédios centenários, em meio a cafés, bem pertinho de vários pontos turísticos importantes da cidade.
Circulei por lá, troquei ideias, conheci pessoas e divido com vocês um pouquinho do que registrei. Mas antes gostaria de mencionar que a grande maioria, se não 100%, dos brasileiros com quem conversei, dos que se apresentaram em palestras e dos que interagem comigo nas redes sociais, resolveram sair do Brasil por causa da insegurança. A violência no nosso país, é quase que unânime, o principal motivador da evasão. Outros fatores existem sim, mas este sempre é o principal.

A sensação quando se chega aqui é de alívio por poder andar nas ruas sem medo. Um dos participantes comentou que veio agora e que sua família virá daqui há alguns meses, ele disse que é como se tivesse deixado a família na guerra da Síria. Todos concordaram. Todos sentem que nosso país vive uma guerra e que todos os dias qualquer um pode levar um tiro. O medo de ser assaltado, o medo de morrer na violência urbana faz com que muitas famílias larguem tudo e busquem um recomeço.

Ser imigrante não é fácil, nem vou mencionar a lista de desafios que temos que enfrentar pq polemizaria demais. Mas posso dizer que vejo que as pessoas são mais felizes aqui, mesmo com todas as dificuldades, mesmo com a saudade, pq aqui conseguimos ter vida digna, mesmo ganhando pouco e, principalmente, temos PAZ!

Desculpem o desabafo, quem me acompanha sabe que não é meu perfil entrar nestas pautas, mas o assunto veio à tona e eu senti que precisava compartilhar. Quero parabenizar cada cidadão brasileiro e guerreiro, que está aqui lutando dignamente para recomeçar a vida, assim como eu. E um brilho especial à turma da cena gourmet pq sou dessas :D! Olha quem teve lá meu povo:

brasileiros em portugal

Quem: Chef Alessandra Porpino
Tempo como imigrante: 2 anos
Atividade em Portugal: faz mestrado e trabalha no ramo hoteleiro em Lisboa.

Quem: Ulisses Tadeu
Tempo como imigrante: 16 anos
Atividade em Portugal: proprietário da The Big Fritz, uma doggeria localizada em Gondomar.

Quem: Vera Costa
Tempo como imigrante: 17 anos
Atividade em Portugal: Proprietária do Longa Metragem Pastel, uma pastelaria localizada no Shopping Brasília, no Porto.

brasileiros em portugal

Quem: Christianne Oliveira
Tempo como imigrante: menos de um ano
Atividade em Portugal: Trabalha com a marca Brigadeiros da Sorte, do Porto, grife gourmet de brigadeiros feitos sob encomendas e que também participa de eventos gastronômicos.

Quem: Zaira Aragao
Tempo como imigrante: 4 meses
Atividade em Portugal: trabalha com encomendas de brigadeiros veganos, grife gourmet de brigadeiros feitos sob encomendas e que também participa de eventos gastronômicos. Paralelamente, trabalha como auxiliar de cozinha num restaurante do Porto.

E aí ?
Espero que tenha curtido minha experiência. Adoraria saber da sua.
Divida comigo sua experiência gastronômica!
O que mais gostou? O que detestou?
Lugares que vc indica e os que não recomenda.
Mande direct pelo insta @lazzarettipati
Msg pelo facebook/patilazzaretti
Ou email pati.lazzaretti.nh@gmail.com

coluna Patricia Lazzaretti Paty Lazzaretti

COLUNA PATRÍCIA LAZZARETTI

Jornalista correspondente internacional/Europa

::>> LEIA TODAS AS COLUNAS de Patrícia Lazzaretti

.