Dia dos pais 2015 promete alavancar varejo

Pesquisa realizada pela Hibou, empresa de monitoramento de pesquisa de mercado, entrevistou 694 pessoas de diversas classes sociais em cinco capitais brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Salvador e Brasília) e mostra que 69% pretendem prestigiar a data com presente, entre os entrevistados 60% irão presentear o próprio pai, 10% esposo, 8% vão fazer aquele agrado para o sogro e 5% presentearão o avô. Confira o resultado:

Quanto será gasto com presente:
Os gastos com mimos para os pais variam entre R$ 70,00 e acima de R$300,00.
• 32% Pretendem gastar até R$ 70,00
• 35% Irão investir entre R$ 71,00 e R$ 140,00
• 27% Pretendem gastar R$ 141,00 e R$ 300,00
• 6% Fará um investimento maior acima de R$ 300,00

Forma de pagamento:
• 44% Filhos pretendem fazer o pagamento utilizando cartão de debito.
• 25% No cartão de crédito parcelado
• 13% Cartão de crédito a vista
• 12% Preferem fazer o pagamento em dinheiro

Onde comprar:
“A compra do presente varia de acordo com a classe social e disponibilidade de tempo do filho, muitas vezes o próprio presente é um almoço ou jantar. Destes 40% afirma deixar para última hora contra 60% que buscam comprar com antecedência”, afirma Ligia Mello, Sócia da Hibou.

A escolha do local vai desde a proximidade do trabalho ou casa até mesmo a diversidade de opções oferecida por cada estabelecimento.

Os artigos mais top na lista de presentes são:
• 64% Roupa ou vestuário
• 36 % Carteira, óculos e acessórios
• 34% Calçados
• 32% Artigos esportivos
• 31% Livro
• 28% Perfume e Cosméticos

-- --