Dia dos Pais 2018 : pesquisas Boa Vista SCPC e Serasa apontam crescimento nas vendas

presentes dia dos pais

Vendas Dia dos Pais 2018

Dois serviços de pesquisa e proteção ao crédito apontam aumento nas vendas no Dia do Pais 2018. Segundo Boa Vista SCPC, as vendas cresceram 2,8% em 2018. Em 2017 houve queda de 0,5% nas vendas nesta data. Já a Serasa aponta o melhor desempenho dos últimos seis anos, embora positivo, o resultado cresceu menos quando comparado com o Dia das Mães 2018.

Boa Vista SCPC
O crescimento nas vendas nesta data ocorre após três anos de quedas observadas em 2017, 2016 e 2015, quando recuaram 0,5%, 5,2% e 0,8%, respectivamente. As vendas varejistas no Dia dos Pais acabaram seguindo a tendência apresentada pela pesquisa de hábitos de compras realizada pela Boa Vista SCPC para esta data comemorativa, que apontou aumento na intenção de compra dos consumidores no Dia dos Pais. O resultado também mostra que a data acompanha a tendência de recuperação das vendas varejistas em 2018, fenômeno observado em todas as datas comemorativas do ano até aqui.

Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio
Dia dos Pais 2018 teve seu melhor desempenho dos últimos seis anos. Durante a semana da data, de 06 a 12 de agosto, as vendas subiram 3,9% em relação ao período equivalente do ano anterior (07 a 13 de agosto). No final de semana do Dia dos Pais (10 a 12 de agosto), houve aumento de 1,1% em todo o país na comparação com o final de semana equivalente ao do ano anterior (11 a 13 de agosto).

Na cidade de São Paulo, as vendas realizadas na semana do Dia dos Pais subiram 4,2% ante a mesma semana do ano passado. No final de semana da data, as vendas subiram 1,8% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Segundo os economistas da Serasa Experian, o resultado das vendas do Dia dos Pais embora positivo, exibiu menor crescimento do que o do Dia das Mães (alta de 5,7%) e empatou com o do dia dos Namorados (alta de 3,9%). Isto mostra que o consumidor, perante as atuais turbulências do cenário político-econômico, mantém-se cauteloso em relação à expansão de seu nível de gastos.

.