Beleza – Dicas para não errar na hora da compra de perfumes

beleza-perfume

Comprar um perfume pode ser uma delícia e ao mesmo tempo um desafio. As alternativas são inúmeras e é muito fácil se confundir depois da quarta ou quinta prova. Pensando nisso, a especialista Alessandra Tucci, preparou 10 dicas valiosas para aproveitar a experiência de compra sem errar.

  • Uma pista importante que você pode dar para a vendedora, seja na loja ou com a revendedora de perfumes porta a porta, é se você tem algum ingrediente de sua preferência. Muitos lugares oferecem “mapas olfativos”, uma espécie de tabela que classifica e agrupa os perfumes de acordo com o estilo olfativo. Diga se você gosta de perfumes cítricos, florais, amadeirados, frutais, doces. Essas pistas ajudam a encontrar o território de sua preferência.
  • Não se deixe levar experimentando aleatoriamente muitos perfumes, pois o olfato começa a cansar depois do quarto ou quinto perfume. Por isso, poupe seu nariz para aqueles produtos que tem mais a ver com o que você está procurando. O ideal é provar, no máximo, até cinco perfumes.
  • Prefira sentir os perfumes naqueles papeizinhos especiais chamados de fitas olfativas;
  • Sinta um perfume por vez e espere alguns minutos entre um e outro para não se confundir;
  • Se possível, marque o nome do perfume nas fitas e continue sentindo a evolução dos perfumes por alguns minutos;
  • Não compre pela primeira impressão. Perfumes evoluem ao longo dos minutos e horas. Sinta-os por mais tempo para ter certeza da sua escolha.
  • Ficou em dúvida entre dois ou três produtos? É hora de sentir na sua pele, borrife uma única vez cada um deles em partes especificas dos braços, dando distância suficiente para não se confundir.
  • Se você estiver procurando um perfume para dar de presente, use a mesma lógica, pense no estilo da pessoa, no que ela usa e gosta, para aumentar as suas chances de acerto.

Foto: Divulgação

-- --