beleza-idade-aplicacao-butox-rugas-sortimentos-foto-reproducao-internet-600x350-1

A arma é poderosa no combate as marcas e linhas de expressão. Aliada ainda na luta contra o envelhecimento precoce, a toxina botulínica, ainda divide opiniões sobre qual a melhor idade para começar a usufruir dos benéficos que esse tipo de tratamento proporciona. O cirurgião plástico da capital paulista, Dr. Francisco Alionis Neto tira as principais dúvidas e conta como o tratamento pode ser preventivo aos sinais da idade.

– Afinal, o que faz a toxina quando entra em contato com os músculos?
A toxina botulínica é apenas um paralisante muscular que quando aplicado nos músculos evita que as eles se contraiam e formem rugas de expressão, também chamadas de rugas dinâmicas, proporcionando um aspecto mais descansado, leve e jovem do rosto.

– Qual a melhor idade para começar a usar?
A contração excessiva de alguns músculos da expressão facial pode ocasionar rugas permanentes na pele. Pessoas com a pele fina ou com músculos mais fortes na região da face apresentam maior propensão para a formação destes vincos precoce – muitas vezes antes mesmo dos 30 anos.
Vale ressaltar que, quando bloqueamos um músculo, estimulamos a hipotrofia deste. Portanto, o uso repetido da toxina botulínica pode enfraquecer os músculos que geram as rugas, fazendo que a ação deles em longo prazo não seja tão danosa à pele – é o chamado efeito preventivo.
Se o uso for iniciado antes dos vincos se tornarem permanentes, fica bem mais fácil evitá-los

– E os resultados?
Começam a ser visíveis nos primeiros 5 dias depois da aplicação e a ação costuma durar em torno de seis a até oito meses – período em que poderá ser reaplicado.

Foto: Reprodução Internet

-- --