BCS Automação passa a integrar o Feevale Techpark

Edson Lamb - Diretor da BCS Automação - Foto Edson Pelence
Edson Lamb – Diretor da BCS Automação – Foto Edson Pelence

Obras da nova sede da empresa iniciam no próximo semestre. Objetivo é expandir a atuação da BCS chegando a um faturamento anual de 6 milhões de dólares até 2020

Ao completar 20 anos no mercado a BCS Automação se prepara para uma nova fase. A empresa, especializada em oferecer soluções inovadoras e completas para eventos, passará a integrar o Feevale Techpark, que se notabilizou por abrigar empresas intensivas em conhecimento, centros de pesquisa, organizações voltadas para o desenvolvimento científico, tecnológico e econômico, além prestadores de serviços avançados. As obras da nova sede da BSC Automação iniciam no segundo semestre desse ano, e a mudança deve ser realizada ainda no primeiro trimestre de 2018.

A nova sede será erguida em um lote com 2,5 mil metros quadrados já adquiridos pela BCS. O novo espaço permitirá à empresa maior engajamento com a comunidade tecnológica do Vale do Sinos e proporcionará, nos próximos anos, a expansão da empresa, ampliando sua gama de serviços e soluções. “A BCS continuará focada no setor de eventos porém desengavetaremos vários projetos que estavam no nosso arquivo. Nossa meta será a de contarmos, até o final de 2018 com 12 diferentes unidades de negócio dentro da BCS”, reforça o diretor, Edson Lamb.

Dentre os objetivos estão ampliar a oferta de serviços oferecidos aos organizadores de grandes eventos, como pessoal de atendimento, locação de equipamentos áudio visuais, desenvolvimento de sites e aplicativos, gateway de pagamentos, entre outros. Além disso, serão projetados serviços para outros segmentos, como sistemas web específicos sob demanda, desenvolvimento de sites inteligentes e locação de equipamentos de informática.

A BCS Automação tem apostado em uma retomada da economia brasileira, e também quer ampliar sua presença em mercados da América Latina, nos Estados Unidos e na Europa. “A nova sede nos trará melhores condições de trabalho e o apoio institucional do Techpark nos trará uma maior participação na comunidade de tecnologia, tanto a nível acadêmico quanto corporativo. Só estes dois itens já resultarão num crescimento interno e externo bem expressivo. Estamos projetando, até o ano de 2020, um faturamento anual do grupo na ordem de U$ 6 milhões”, explica Lamb.

SERVIÇOS DA BCS – A BCS oferece uma gama de serviços que facilitam a vida e otimizam o tempo dos seus clientes. A empresa oferece um Sistema Web de Credenciamento de Visitantes, Acesso Biométrico, Acesso Visual, Coletores de Dados, Totens Multimídia e Locação de Equipamentos que auxiliam no controle de visitação em grandes eventos e feiras.

Além disso, a BCS possui o SIGEVENT, um software que possibilita o gerenciamento de uma empresa organizadora de eventos. É um sistema pela web que integra rotinas comerciais, financeiras, marketing, operacional, controle formulários de expositores, secretaria e hospedagem para unificar o processo.

-- --