Exportações de carne bovina atingem US$ 434 milhões em abril

A indústria de carne bovina brasileira fechou o mês de abril/16 com um faturamento de US$ 434 milhões nas exportações e mais de 112 mil toneladas embarcadas. Comparado com o mesmo período do ano passado, os números registram retração em 5% em faturamento e um incremento positivo de 2% em volume.

Entre os países que se destacam, Hong Kong continua na liderança com um aumento de 3% em faturamento (US$ 91 milhões), e de 11% no volume exportado (26 mil toneladas), se comparado com abril de 2015. Outro destaque é a China que ocupa a segunda posição com mais de 15 mil toneladas e um faturamento de US$ 64 milhões. Já os embarques para o Egito aumentaram em 77% em faturamento (US$ 44 milhões), e 85% no valor exportado de 14 mil toneladas, em relação ao mesmo mês do ano passado.

Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes - ABIEC

No acumulado do ano (janeiro-abril), o Brasil exportou mais de 479 mil toneladas de carne bovina, o que representa o aumento de 12% em comparação com o mesmo período do ano passado. O faturamento nos quatro primeiros meses de 2016 soma US$ 1,8 bilhão – equivalente ao mesmo período de 2015.

Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes - ABIEC

De acordo com o presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC), Antônio Jorge Camardelli, os números confirmam as expectativas do setor com a retomada das exportações em 2016, principalmente devido à abertura de mercados. “Um exemplo é a Arábia Saudita, que já ocupa um lugar entre os dez maiores mercados de exportação da carne brasileira”, afirma.

Categorias
A carne in natura seguiu como a categoria de produtos mais exportada, atingindo um faturamento de US$ 339 milhões no mês de abril, com o volume de 86 mil toneladas em exportações.

Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes - ABIEC

-- --