Agência de Turismo Vento Sul conta com diversas opções de passeios na Serra gaúcha

onibus antigos agencia de turismo Vento Sul

Agência de Turismo Oficial do 32º Natal Luz de Gramado, a Vento Sul conta com diversas opções de entretenimento na serra gaúcha. Em meio a disponibilização de ônibus e vans junto ao desembarque dos passageiros no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, destaque para os roteiros de agroturismo especialmente desenvolvidos pela empresa. Visando proporcionar a oportunidade de conhecer e descobrir alguns dos mais bonitos – e desconhecidos – cenários da região.

Três opções de passeios

As viagens acontecem todos os dias da semana, sempre a bordo de ônibus antigos, chamados de “Princesinhas”, nome em alusão à novela Tieta e um ônibus nesse estilo chamado carinhosamente de “Marinete, a princesinha do agreste”. São quatro veículos disponíveis para o passeio, Dodge Fargo 1948, Chevrolet Apache 1958, Ford Bicudo 1970 e Mercedes Benz 1974, todos meticulosamente preparados para incrementar a experiência. O embarque funciona no ponto de vendas da Vento Sul na Praça das Etnias, ao lado da Rodoviária.

TOUR DO VALE
Duração: Das 14h às 18h – Segunda, quarta e sexta-feira

A estrada de chão, o ar puro, a natureza, as casas coloniais e a visita às famílias italianas e alemãs proporcionam momentos inesquecíveis no Vale do Quilombo e Linha 28, no interior de Gramado. Junto à morros de intensa vegetação, rios e cachoeiras, passando por campado de araucárias, parreiras de kiwi e uva à bordo de um ônibus tipicamente colonial, o turista passa a conhecer as belezas naturais que Gramado esconde em seu interior.
:: Família Marcon: a lida do campo é o que marca a primeira parada do passeio. O Casal italiano Vicente e Fátima Marcon compartilha a história de seus antepassados no memorial da família, mostrando objetos que eram utilizados pelos seus pais, o plantio de milho e o manejo com os animais.
:: Alambique Rossa: a arte de produzir cachaça, graspa e vinho é o que marque esta parte do passeio. Quem conduz é o proprietário e produtor Romeu Rossa, que conta a história de sua família.
:: Família Barreta: em uma casa centenária em estimo enxaimel, onde funcionava um salão de Kerb, o visitante é recebido por seus proprietários Jovani e Margarete Baretta, que servem um saboroso café da tarde com verdadeiros produtos coloniais, recheado por bolos, pasteis, cucas, sucos e cafés.

TOUR LINHA ÁVILA
Duração: 8h30 às 13h30 – Terças e quintas-feiras

A história de vida de homens e mulheres, que com muita garra e trabalho, colonizaram as terras que hoje chamamos de Gramado. Alemães, italianos, portugueses, franceses e gaúchos construíram um bom lugar para viver e, através de seus costumes, mesa farta, religiosidade e empreendedorismo transformaram a pequena cidade serrana em referência turística e cultural.
:: Família Wagner: Saborosos doces e geleias, produzidos pelo casal Lírio e Terezinha, ganham destaque no primeiro ponto de visitação.
:: Cantina Nonno Giovanni: A imigração italiana é contada pelo casal Alcione e Marivani em um ambiente acolhedor próximo a casa onde vivem. A produção de vinho artesanal em estufa de fumo desativada tomará a atenção dos visitantes, que conhecerão a “fórmula” para fazer vinhos. Queijos, salames, sucos, conservas, mel e pães caseiros serão degustados e poderão ser adquiridos pelos visitantes.
:: Vivenda Schonrhein: O roteiro encerra com um típico e apetitoso café alemão, incluindo Eisbein (joelho de porco), kartoffel (batata), chucrute e outras delícias na Vivenda Schönrhein, de propriedade do casal João Pedro e Rose Marie Rheinheimer.
:: Sítio Tradição: a cultura gaúcha fecha o passeio com chave de ouro. Trajado com vestes típicas, o empreendedor Maurício fala sobre a vida campeira e costumes do povo gaúcho. O artesanato produzido por sua sogra, Vânia, resgata técnicas tradicionais da Alemanha e da França, que remetem às origens das famílias de seus pais e de seu marido. O típico costelão assado na vala encerra o roteiro.

TOUR O QUATRILHO
Duração: 14h às 18h – Terça, quarta e sábado

Em meio a vales e riachos nas localidades de Campestre do Tigre e Tapera, onde viveram os protagonistas do livro e filme “O Quatrilho”, o turista é convidado a conhecer a história das famílias que colonizaram estas terras. O cultivo de frutas e a produção de vinho, um moinho colonial, o cenário encantador de um mirante, a natureza e a mesa farta transformam o passeio e um momento inesquecível.
:: Família Lazaretti: há mais de 120 anos a família Lazaretti enraizou-se em um pequeno espaço de terra no interior de Gramado. Na sua adega, com barris produzidos a mais de 100 anos, também conta como é preparado o vinho colonial e a graspa, que podem ser degustados pelo visitante.
:: Família Grins: no moinho colonial da família Grins, na propriedade onde viveram os protagonistas do romance “O Quatrilho”, Nicodemo e Maria, Joseph e Carolina no ano de 1893, o casal Eduardo e Marlize conta a história destes personagens que marcaram época. O visitante é convidado a conhecer o cemitério onde é possível ver o túmulo onde estão Nicodemo e Maria. Ao lado do cemitério, fica a Igreja de Pedra Santo Antônio, onde foram realizados os matrimônios dos casais.
:: Morro da Polenta: uma vista exuberante é apreciada pelo turista neste ponto do passeio. O Morro da Polenta, a 900 metros de altura, é usado como mirante.
:: Família Ramm: na porta de entrada da casa de Ingo e Isolde Ramm o visitante é tomado pelo clima interiorano ao som de sanfonas. O turista é convidado a saborear um farto e saboroso café colonial típico alemão, com receitas herdadas de seus antepassados. A receptividade do casal deixa no visitante a vontade de retornar e reviver momentos inesquecíveis.

Ampliação

A empresa abrirá sede própria em Canela – rua Visconde de Mauá – e a modernização de sua sede em Gramado para janeiro de 2018. Nos primeiros nove meses de 2017, a Vento Sul Turismo registrou um aumento de 20% no número de passageiros transportados e eventos realizados.

-- --