Curitiba – “A Balada do Cárcere de Reading” no Teatro José Maria Santos

A Balada do Cárcere de Reading 2014

Considerado o último e mais famoso poema do escritor irlandês Oscar Wilde, a Balada do Cárcere de Reading é escrito logo após a sua saída da prisão e não é apenas a descrição nua e crua da realidade carcerária vigente; é, antes, a expressão poética inspirada e extraída dos assombros vividos por Oscar e os prisioneiros e levados a um incrível grau de excelência na forma de versos.

A Balada do Cárcere de Reading, revela o que há de melhor e pior num ser humano: Amor, ódio, violência, angústia, sofrimento, imoralidade, cinismo, heresia, fé, prepotência, poder e loucura que se misturam em desatino elevam, á condição sub-humana irracional e destruidora da Vida física e espiritual, num contexto atemporal onde a Morte se apresenta como Redentora e passeia imponente no lúgubre e trágico cenário.

A Balada do Cárcere de Reading

A peça está em cartaz de 3 a 12 de julho de 2014, de quinta-feira a sábado, às 21h; e aos domingos, às 19h; no Teatro José Maria Santos (Rua Treze de Maio, 655 – São Francisco), em Curitiba/PR. Os ingressos custam R$ 40.

-- --